Os 5 Erros de Português Mais Comuns!

Publicado em: 13 de fevereiro de 2019
1

Na hora de escrever é comum que surjam algumas dúvidas. É mal com “L” ou mau com “U”? Uso ou não a crase? “Senão” junto ou separado?

De acordo com a professora Rosângela Cremaschi, autora da obra “Livro de anotações com 101 dicas de português”, esses questionamentos acontecem pela falta de familiaridade com a escrita. Além disso, as diferenças entre a linguagem oral e a escrita podem gerar confusão.

Reunimos algumas das dúvidas mais comuns na hora de escrever e vamos explicar qual é a forma correta de uso. Confira e acabe de uma vez por todas com essas inseguranças!

 

  • “Mal” ou “mau”

Com certeza o uso desses advérbios é o vilão em muitas redações por aí. E neste caso, ambos estão corretos, o que muda é a forma de uso. Mal é o oposto de bem. Já mau é o contrário de bom.

Uma dica é substituir o advérbio pelo seu oposto na frase para descobrir qual é a forma correta.

 

  • “Ao invés de” ou “em vez de”

A expressão “ao invés de” significa “ao contrário” e, por isso, deve ser usada para indicar oposição. Já “em vez de” tem o sentido de “no lugar de”, podendo também indicar oposição.

 

  • “Se não” ou “senão”

Senão assume o significado de “a não ser”, “caso contrário”. Já o “se não” sugere uma condição e deve ser usado em orações subordinadas. Veja os exemplos:

Se não chover, podemos ir ao show – condição

– Não fazia nada senão dormir – a não ser

 

  •  “Há um ano” ou “Há um ano atrás”

Dizer “há um ano atrás” é redundante. Você pode escrever “há um ano” ou simplesmente “um ano atrás”.

 

  • “A fim” ou “Afim”

A locução “a fim de” dá a ideia de finalidade. Já “afim” é um adjetivo e significa semelhança.

 

Gostou das dicas? Conte com a UNIOrka para aprofundar os seus estudos e se dar bem no mercado de trabalho. Aproveite e confira nossos outros artigos. Curta e compartilhe.

 

FONTES:

https://www.bbc.com/portuguese/geral-43265788

https://exame.abril.com.br/carreira/os-50-erros-de-portugues-mais-comuns-no-mundo-do-trabalho/

Deixe seu comentário: