Encontros vocálicos: ditongo, tritongo e hiato

Publicado em: 15 de maio de 2019

Você provavelmente já ouviu falar em encontros vocálicos. Mas, será que você sabe o que eles realmente significam?

Encontros vocálicos são agrupamentos de vogais e semivogais, sem consoantes intermediárias. Existem três tipos de encontros: ditongo, tritongo e hiato. Saiba mais sobre cada um deles abaixo.

 

Ditongo

Ditongo é como é chamado o encontro de uma vogal e uma semivogal em uma mesma sílaba. É o que acontece nas palavras lei, meu e beijo. 

Os ditongos podem ser crescentes ou decrescentes. O crescente ocorre quando o som segunda vogal é a mais forte. E o decrescente é quando ocorre o inverso.

  • Ditongos crescentes: quase, frequente, goela
  • Ditongos decrescentes: herói, céu, fui

Tritongos

Tritongos são casos em que três vogais fazem parte de uma mesma sílaba. É o que acontece, por exemplo, na palavra Paraguai.

Os tritongos podem ser orais ou nasais. Orais quando o som é produzido exclusivamente pela boca. Nasais quando o som sofre uma nasalização. 

Entenda melhor nos exemplos:

  • Oral: cheia, quai
  • Nasal: saguão, quão 

Hiato

O hiato, diferentemente dos ditongos, são uma sequência de vogais em sílabas diferentes.

Veja a diferença na separação de sílabas:

  • Ditongo: qua-se, fre-quen-te
  • Hiato: en-jo-o, ba-ú, jo-e-lho

 

Tirou suas dúvidas sobre encontros vocálicos? Continue acompanhando o blog da UNIOrka e impulsione seus estudos.

Deixe seu comentário: